ADUFRGS-Sindical aprova em assembleia extraordinária a cobrança de um plano de retorno das atividades presenciais para as instituições federais de ensino superior

Entre as instituições está a Universidade Federal do Rio Grande do Sul que ainda não apresentou um plano de retorno ao ensino presencial. Em assembleia extraordinária realizada nesta quarta-feira, 29, os professores/as associados/as da ADUFRGS-Sindical aprovaram que o sindicato exija das instituições federais de ensino superior um plano de retorno das atividades presenciais com as devidas condições sanitárias.

Tendo em vista que a Universidade Federal do Rio Grande do Sul ainda não apresentou o plano de retomada ao ensino presencial, a direção da ADUFRGS-Sindical vai encaminhar à reitoria um pedido de audiência para tratar sobre o assunto. Esse plano conforme aprovado na assembleia deve prever um calendário de retorno das atividades presenciais priorizando as aulas de laboratório e observando as condições sanitárias e os protocolos de segurança.

A assembleia aprovou a solicitação à UFRGS da execução do orçamento de 2021 e a previsão orçamentária para 2022.

A Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre UFCSPA está executando seu plano de retorno desde julho de 2021, conforme planejamento de medidas de segurança sanitária. O Instituto Federal do Rio Grande do Sul já tem plano de retorno que foi aprovado em assembleia geral da ADUFRGS-Sindical junto aos associados do IFRS.

Imagem ilustrativa Google

Comments powered by CComment

No thoughts on “ADUFRGS-Sindical aprova em assembleia extraordinária a cobrança de um plano de retorno das atividades presenciais para as instituições federais de ensino superior”