Carta aos professores e professoras da UFRGS

A ADUFRGS-Sindical volta a cobrar o compromisso, e a celeridade, por parte da administração da UFRGS, com a coordenação do planejamento e execução das ações para a retomada deste semestre letivo.

CARTA AOS PROFESSORES E PROFESSORAS DA UFRGS

Mais um semestre letivo terá início na Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 17 de janeiro de 2022, em um cenário acentuado de incertezas quanto ao futuro do país e das universidades públicas. Aos cortes orçamentários previstos para o ano de 2022, soma-se um aumento considerável da inflação com efeitos já visíveis no poder aquisitivo dos professores e professoras do magistério superior. O governo federal insiste em ignorar reajustes aos servidores. Com perdas em seus salários em torno de 40%, os docentes se encontram sem reposição da inflação e sem reajuste salarial há 5 anos. O quadro se agrava ainda mais ao ver-se terminar o ano de 2021 com a economia brasileira em profunda recessão, com a entrada do Brasil no mapa da fome e da miséria.

A ADUFRGS, e o PROIFES-Federação, têm sido atuantes na luta pela manutenção das conquistas e direitos dos professores e irão insistir junto ao governo federal para que a proposta de reposição salarial avance.

O ano de 2022 inicia com o surgimento de uma nova variante do Coronavírus (a Ômicron) se alastrando em diferentes países, no Brasil, em nosso Estado, e, em especial, no território de Porto Alegre. Tem-se também um novo vírus Influenza em circulação no país (H3N2), que já leva a óbito crianças e adolescentes. Novamente se está em estado de alerta.

A tão reivindicada retomada das atividades presenciais exigirá uma redobrada atenção neste momento. Diante dessa realidade, a ADUFRGS-Sindical, como já o fez em 18 de novembro de 2021 (leia aqui) volta a cobrar o compromisso, e celeridade, da administração da UFRGS, com a coordenação do planejamento e execução das ações para a retomada deste semestre letivo, que é o segundo semestre acadêmico do ano de 2021.

O sindicato volta a repudiar quaisquer medidas que transfiram às Unidades acadêmicas ou aos professores este papel. Exigimos transparência em relação ao planejamento dessas ações. Exigimos, igualmente, responsabilidade do Reitor na gestão da Universidade como um todo. 

Diretoria da ADUFRGS-Sindical

 

 

 

Comments powered by CComment

No thoughts on “Carta aos professores e professoras da UFRGS”