“Precisamos virar a chave, e não somente na educação”, diz presidente eleito e atual diretor da ADUFRGS-Sindical

Em entrevista ao programa Bom Dia Democracia, veiculado na rádio web Rede Estação Democracia nesta quarta, 17, o presidente eleito para a gestão 2022-2025 e atual diretor de Relações Sindicais da ADUFRGS-Sindical, professor Jairo Bolter, falou sobre as perspectivas para a nova gestão e as eleições gerais. O sindicalista destacou a importância das próximas eleições, em outubro, marcarem uma retomada de propostas que signifiquem o retorno do investimento em educação e desenvolvimento com equidade social, lembrando que a ADUFRGS se pauta por isso. “É uma entidade que propõe, que briga, pela defesa da educação, pela defesa dos seus sindicalizados, e está comprometida com o local onde está inserida e com o espaço onde as instituições estão inseridas”, resumiu.

Durante a entrevista, Jairo Bolter destacou a defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, e ressaltou que a defesa por recursos feita pela entidade não se resume à categoria, mas por uma virada de chave no país pelo seu desenvolvimento. “Precisamos virar a chave, e não somente na educação, que vem perdendo recursos nos últimos anos, chegando a patamares de 2003, mesmo com uma rede muito maior”, denunciou. “Temos clareza de que o Brasil não se desenvolverá sem investir em educação. Educação não é gasto!”, afirmou.

O sindicalista chamou a atenção para a necessidade de maior oportunidade e inclusão para as pessoas, e relatou a dificuldade de muitos jovens de chegar e se manter nas universidades e institutos federais. “Muitos acabam abandonando, pois, os custos estão aumentando, e ações como a retirada a meia passagem pioraram esse cenário”, exemplificou. “Temos que investir nas universidades, valorizar os profissionais e dar condições aos alunos, com transporte e alimentação”, disse Bolter.

O professor também falou sobre a preocupação da ADUFRGS-Sindical com a democracia, citando o ato de 11 de agosto (com a leitura da “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito” - veja mais aqui). “Estamos muito preocupados no que tange à democracia nesse país. Nesse sentido, nosso diretor Tesoureiro, que é também diretor de Relações Internacionais do PROIFES-Federação, acompanhou em Brasília a posse do novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para marcar a defesa da democracia e do processo eleitoral”, relatou.

Jairo Bolter também comentou que a tensão do cenário eleitoral fez com que a ADUFRGS-Sindical realizasse um debate para orientar os filiados/as para as eleições de outubro de 2022 (veja aqui). “Tem gente achando que não pode falar nada, então realizamos esse debate para esclarecer o que é possível e o que não é. Nós valorizamos e defendemos o direito à liberdade de expressão, de cátedra, de escolha, de voto, de manifestação”, completou.

Assista a entrevista completa. 

Comments powered by CComment

No thoughts on ““Precisamos virar a chave, e não somente na educação”, diz presidente eleito e atual diretor da ADUFRGS-Sindical”