Conselho de Presidentes e Secretários Gerais da Internacional da Educação na América Latina – IEAL repudia corte de verbas das Universidades e Institutos Federais do Brasil

Conselho de Presidentes e Secretários Gerais da Internacional da Educação na América Latina – IEAL repudia corte de verbas das Universidades e Institutos Federais do Brasil

O Conselho de Presidentes e Secretários Gerais da IEAL, em reunião realizada nessa terça-feira (6) em San José na Costa Rica, repudiou as últimas ações do governo Bolsonaro que realizou cortes orçamentários nos recursos das universidades federais. O diretor Tesoureiro da ADUFRGS-Sindical, professor Eduardo Rolim, também diretor do PROIFES-Federação, participou da atividade.

Na reunião, entidades e representantes de 13 países da América do Sul e Central, apresentaram o cenário atual da educação pública realizando um balanço da situação em cada um dos países.

O presidente do PROIFES-Federação, professor Nilton Brandão e o diretor de relações internacionais, Eduardo Rolim, estão participando da atividade e levando os principais pontos que merecem atenção no atual cenário da educação brasileira. 

“O PROIFES tem atuado na articulação com os atores políticos capazes de reverter mais este ataque à educação – Congresso Nacional, lideranças do governo de transição, movimento estudantil e toda a sociedade, nesse momento é importante estarmos unidos com o propósito de defender a educação brasileira”, afirmou o presidente Nilton Brandão.

Confira o documento de repúdio aqui.

Comments powered by CComment

No thoughts on “Conselho de Presidentes e Secretários Gerais da Internacional da Educação na América Latina – IEAL repudia corte de verbas das Universidades e Institutos Federais do Brasil”