Previous Next

Encerra o Encontro Nacional do PROIFES-Federação : Por mais financiamento e gestão pública da educação

Encerrou quinta-feira, 14, na cidade de Natal/RN, o XVIII Encontro Nacional do PROIFES-Federação, que reuniu delegações de 13 sindicatos do Brasil filiados à entidade, entre eles a ADUFRGS-Sindical representada por 15 professores e professoras.

Participaram como delegados/as, Lúcio Vieira, Eduardo Rolim, Sônia Mara Ogiba, Luciana Boose Pinheiro, Ana Boff de Godoy, Regina Rigatto Witt, Daniela Marzola Fialho, Luciana Neves Nunes, Roger Elias, Marcelo Augusto Rauh Schmitt e Lúcio Hagemann. Entre os observadores estavam Jairo Bolter, Maria Cristina da Silva Martins, Luiz Glock e Paulo Artur Xavier de Mello Silva.

Durante os dias 12, 13 e 14 de julho, a delegação gaúcha contribuiu com o debate nacional que se dividiu em seis eixos: “A crise na sociedade brasileira, seu aprofundamento em 2022 e os reflexos das IFES”; Eixo II – “PNE: A necessidade de um debate sobre o futuro”; Eixo III – “Educação, Direitos Humanos e diversidade: o papel da Federação nessa luta”; Eixo IV – “Valorização dos/as profissionais da educação: formação, carreira, remuneração e condições de trabalho e saúde. O papel da Federação nessa luta”; Eixo V – “A defesa da autonomia e gestão democrática nas IFES: a necessidade de aprofundar a democracia nesse espaço”; Eixo VI – “Os desafios da construção de uma Nação Soberana e a atuação da Federação nesse processo”. 

A atividade apontou para a defesa da educação pública gratuita, inclusiva, laica e de qualidade para todos e todas com investimento e gestão pública. O plenário repudiou os cortes orçamentários do Ministério da Educação feitos pelo atual Governo Federal, que inviabilizam o ensino público como direito social. Foi consenso a necessidade da luta em defesa da recomposição salarial e da valorização de carreira dos profissionais do Magistério Superior Federal e do Ensino Básico Técnico e Tecnológico (EBTT).

Os delegados/as também reafirmaram a retomada da democracia e a reconstrução do País. Durante as discussões, foi feito um alerta para que os professores/as elejam um governo federal e parlamentares comprometidos com a educação pública. Inclusão social, respeito à diversidade, democracia, autonomia universitária, liberdade de cátedra e a defesa dos direitos dos aposentados foram questões aclamadas pelo plenário.

Emocionado, o professor Lúcio Vieira, presidente da ADUFRGS-Sindical, avaliou a participação da delegação do RS e das demais delegações no evento nacional. “Depois de 2 anos sem promover eventos deste porte por conta da pandemia, esse ano, conseguimos realizar o Encontro Nacional do PROIFES no formato presencial nessa cidade maravilhosa, que é Natal/RN”, comentou. “Tivemos uma participação grande, permanente e plural dos delegados/as no debate de todos os eixos. O PROIFES sai mais forte do que nunca desse evento, que foi capaz de construir de forma conjunta uma proposta capaz de enfrentar a gravidade da conjuntura que estamos vivendo hoje no Brasil. Seguimos em defesa da educação pública, gratuita, inclusiva e de qualidade para todos/as como um direito social”, concluiu.

Fotos: ADUFRGS-Sindical e PROIFES-Federação

Comments powered by CComment

No thoughts on “Encerra o Encontro Nacional do PROIFES-Federação : Por mais financiamento e gestão pública da educação”