ADUFRGS apoia manifestações pelo Dia Mundial da Saúde

Ato pelo Dia Mundial da Saúde em frente ao Mercado Público de Porto Alegre.

Ato pelo Dia Mundial da Saúde. Foto: CUT-RS/Divulgação

A ADUFRGS-Sindical apoia as manifestações realizadas nesta quarta-feira, 7 de abril, pela CUT-RS e as centrais sindicais no Rio Grande do Sul, para marcar o Dia Mundial da Saúde. A manifestação cobrou dos governos vacina já, para todos e todas, quebra de patentes, emprego e auxílio emergencial de R$ 600, além de reforçar a luta pelo Fora Bolsonaro.

A mobilização na Capital começou logo após o amanhecer, às 7h, com os manifestantes usando máscaras e respeitando o distanciamento sanitário, e também com a exibição de faixas, cartazes e banners em viadutos e passarelas de várias ruas, avenidas e rodovias.

Ato pelo Dia Mundial da Saúde em frente à Prefeitura de Porto Alegre.

Em frente à Prefeitura de Porto Alegre, ato pelo Dia Mundial da Saúde. Foto: CUT-RS/Divulgação

Um ato simbólico foi realizado às 9h30 em frente à Prefeitura de Porto Alegre, com cruzes e um caixão para simbolizar os mais de 300 mil brasileiros e brasileiras que morreram na pandemia e protestar contra o descaso das autoridades diante do colapso da saúde. No RS já são mais de 20 mil vidas perdidas.

Na sequência, às 11h, os participantes seguiram em marcha fúnebre até a Praça da Matriz, onde ocorreu um ato em frente ao Palácio Piratini.



Ver todos