capa site janeiro branco 2021

Mês destaca a importância da construção de uma cultura da saúde mental

Em 2021, a Campanha Janeiro Branco propõe um pacto pela saúde mental, sob o mote “todo cuidado conta”. A ADUFRGS-Sindical adere mais uma vez a essa campanha idealizada pelo psicólogo e professor Leonardo Abrahão, destacando ao longo do mês a importância do olhar para dentro de si e para o outro.

“Em 2020, com toda a situação imposta pela pandemia do coronavírus, vimos mais pessoas em sofrimento psíquico e sem nenhum apoio de políticas públicas no campo da saúde mental. O distanciamento social potencializou a depressão, a angustia e a ansiedade e outros efeitos nocivos à saúde mental. A condição abrupta de desamparo aprofundou esses afetos. Temos vários estudos e pesquisas evidenciando que com a incidência da pandemia houve um aumento da violência doméstica e cresceram de modo acentuado os índices de feminicídio. É preciso ficarmos vigilantes e intensificarmos ainda mais nesse momento os cuidados com as pessoas e com o coletivo da sociedade. Observamos diariamente que as pessoas se encontram em estado limite”, aponta a diretora de Comunicação da ADUFRGS-Sindical, Sônia Mara Ogiba, membro da Associação Psicanalítica de Porto Alegre (APPOA).

De acordo com a página da Campanha Janeiro Branco no Instagram, muitos sofrimentos poderiam ser prevenidos se existisse uma “cultura da saúde mental”. “Em 2021, a Campanha Janeiro Branco propõe esse importante convite a todas as pessoas e a todas às instituições das nossas sociedades: invista em sua saúde mental e na saúde mental de todo mundo! De forma individual e de forma coletiva, de forma particular e de forma social — aonde quer que as pessoas estejam, vamos garantir condições públicas e privadas para que todos os seres humanos tenham acesso ao que protege, impulsiona, qualifica e fortalece as suas saúdes mentais!”, destaca uma das postagens na rede social.

“O objetivo da Campanha é mostrar para a sociedade que todos nós podemos ser agentes de construção de uma cultura da saúde mental no mundo, nas nossas relações sociais e na cobrança das autoridades públicas por mais projetos, iniciativas e políticas públicas nessa área”, explica Sônia. “Na ADUFRGS encaramos a saúde mental como mais um aspecto que merece atenção e cuidado, no que diz respeito a valorização da vida dos nossos associados e associadas”.

Em live recente, o idealizador do Janeiro Branco destacou a mensagem da campanha: “Quem cuida da mente, cuida da vida”. “A humanidade está vivendo os efeitos dramáticos de uma pandemia, de um isolamento social. Agora é hora de lidar com os efeitos colaterais de tudo o que aconteceu em 2020. Nós temos esse dever, essa missão, essa responsabilidade de falar com as pessoas. Mais do que nunca a gente precisa fazer com que a mensagem do Janeiro Branco – que fala de sentimentos, desabafar, olha para si mesmo, olhar para dentro e para a subjetividade alheia – entre para dentro das casas das pessoas”, concluiu Leonardo Abrahão.



Ver todos