PROIFES-Federação emite nota sobre a proposta de ruptura na ANDIFES

paulo-freire
O PROIFES-Federação emitiu nota manifestando repúdio à proposta de cisão anunciada em ofício divulgado no dia 24 de julho por um grupo formado por cinco reitores, da Universidade Federal do Ceará (UFC), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), de se retirar da Associação Nacional de Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), alegando “pouca afinidade” com os demais sessenta e cinco reitores.

Conforme a nota do PROIFES, “não por acaso todos deste grupo de cinco reitores foram nomeados pelo atual presidente da República sem respeitar o nome escolhido pela comunidade”. 

O PROIFES considera ainda que a “ação deste pequeno grupo de reitores introduz perigosa partidarização e consequente enfraquecimento das nossas instituições federais de ensino”.

“As mais importantes características da ANDIFES são a sua independência em relação aos governos, o compromisso de defesa da universidade pública, sua autonomia e liberdade para a produção do conhecimento”, diz a nota.

Leia a íntegra da nota aqui, onde o PROIFES conclama docentes das universidades atingidas por esta ruptura a se posicionarem fortemente contra a proposição.

cardNOTAPROIFES



Ver todos